Estradas inteligentes: tecnologias que podem revolucionar as estradas no Brasil e no mundo

 Por: tegUP, aceleradora de startups.   

 

Os primeiros projetos sobre rodovias inteligentes remontam à década de 80. No entanto, até agora, o foco de inovação vinha sendo o automóvel, e não necessariamente a estrada. 

 

Um dos primeiros países a colocarem em prática o verdadeiro conceito de Smart Highway foi o Reino Unido que, em 2014, iniciou a implantação de guias luminosas ao longo das rodovias para que os motoristas pudessem trafegar com mais visibilidade e segurança.  

 

O projeto foi uma colaboração entre a construtora e incorporadora Heijmans e o estúdio do designer Daan Roosegaarde e é baseado nas pavimentações Glow-in-thedarkque absorve energia durante o dia e brilha no escuroDynamic Paintque são luzes de marcação controladas por temperatura e avisam aos motoristas que a via pode estar escorregadiaInteractive Lightcomposta por iluminação inteligente que só acende quando há tráfego; Wind Light, que capta o vento gerado pelo tráfego dos carros e o transforma em energia; e Electric Priority Lane, que possibilita que carros elétricos se autocarreguem durante o movimento. 

 

Juntas, essas tecnologias tornam a estrada sustentável e interativa através de meios de iluminação inteligentes, captação de energia e sinais de trânsito que se adaptam à situação da estrada, priorizando a sustentabilidade e segurança. 

 

E quando pensamos no assunto a nível nacional, as conclusões são animadoras: aos poucos as estradas e rodovias brasileiras começam a se tornar mais inteligentes. Seja por meio de tecnologia própria ou importando aprimoramentos que já estão em operação em estradas pelo mundotrazendo tecnologias sustentáveis e intuitivas. 

 

Uma dessas apostas é o Google Maps do Solo: um sistema que, assim como o Google Maps, armazena todos os detalhes da superfície da TerraCriado pela brasileira Suporte Sondagens e batizado de Maps, o mapeamento inteligente garante maior assertividade em planejamentos e custos de manutenção, minimizando os riscos de acidentes durante a execução de obras em rodovias. O software já é usado por algumas das principais concessionárias rodoviárias do país. 

 

Outras iniciativas, como a sinalização sustentável feita com tinta que absorve a luz solar durante o dia e iluminar as estradas por cerca de dez horas durante a noite, e os sistemas de monitoramento de riscos que rastreiam a placa de um carro a quilômetros de distância, já foram amplamente adotados nas estradas brasileiras. 

 

As apostas para o futuro das estradas e rodovias brasileiras vão desde pequenas soluções, como a utilização de tintas fosforescentes que substituem os postes de luz, até sistemas inteligentes que administram as condições climáticas e preveem adversidades da natureza. 

 

 

Sobre o Autor    

tegUP é uma aceleradora de startups e braço de inovação aberta da Tegma Gestão Logística. A aceleradora apoia startups e empresas de tecnologia transformadoras que ofereçam produtos, serviços e tecnologia relacionados ao universo da Logística, apresentem alto potencial de evolução e necessitem de algum tipo de suporte para acelerar seu crescimento.     

www.tegup.com





Siga-nos nas redes:

Facebook Linkedin
.