Job Sharing: como funciona o modelo de compartilhamento de cargos das organizações abertas?

Mais difundido na Europa e nos Estados Unidos, o Job Sharing é um modelo de compartilhamento de cargos visado pelas organizações abertas que buscam trazer mais qualidade de vida aos colaboradores, tornando os horários de trabalho mais flexíveis.  

Como funciona? Duas pessoas trabalham em horários de meio período para concluir o trabalho que uma pessoa faria em período integral. 

A prática traz benefícios para empregados e empregadores. Modelos de trabalho flexíveis como o Job Sharing são indicados para profissionais que buscam mais equilíbrio entre vida profissional e pessoal e que buscam reduzir suas horas para cuidar da casa, dos filhos e da vida pessoal, ou que simplesmente procuram uma carga de trabalho mais leve para poder se dedicar a outras tarefas diárias.   

A ideia ainda pode ajudar os empregadores a reter esse tipo de profissional em seu quadro de funcionários, evitando a perda de talentos e eliminando a burocracia e os custos com novas contratações. Isso sem falar no aumento da produtividade, pois colaboradores mais felizes resultam em melhor gestão e desenvolvimento de tarefas, bem como diminuição de licenças médicas por conta de stress e depressão. 

E quais são as desvantagens? Com a diminuição da carga horária, o salário do colaborador também é reduzido pela metade, assim como seus benefícios. Mas, por outro lado, o colaborador terá tempo de sobra para se dedicar a outras tarefas, o que inclui um segundo emprego. 

Em abril de 2019, a Unilever iniciou os testes com Job Sharing na área de recursos humanos, dividindo a rotina de trabalho entre duas colaboradoras. Cada uma delas trabalhará três dias por semana. Como parte das medidas iniciais para experimentação do novo formato de trabalho, os planos estratégicos serão desenvolvidos sempre em conjunto e, durante dois dias na semana, ambas estarão no escritório, participando de reuniões presenciais. 

Com a iniciativa, a Unilever busca comprovar, efetivamente, que o Job Sharing pode aumentar a produtividade e, além disso, reduzir o estresse e melhorar a qualidade de vida dos profissionais. 

Há mais de um modelo de Job Sharing em prática no mercado. No modelo Sênior + Júnior, um colaborar nível sênior trabalha em conjunto com outro que tenha perfil júnior. A princípio, a partilha de tarefas e responsabilidades se dá de forma vertical, pois o sênior irá delegar algumas de suas tarefas para o júnior e organizar o fluxo do trabalho. 

Já o modelo Par de Unicórnios une dois colaboradores com habilidades complementares, porém diferentes, para trabalharem juntos realizando tarefas mais complexas.  

Profissionais de RH indicam que a oferta de flexibilidade pode ser o diferencial para atrair mais talentos e aumentar as taxas de retenção.  

Não há dados oficiais sobre esta nova fórmula de trabalho em que duas pessoas dividem o mesmo cargo, já que nas estatísticas eles aparecem como empregos em meio período. Mas há estimativas, como as de um estudo da Robert Half, que mostra que 25% das empresas europeias oferecem vagas compartilhadas. O percentual varia segundo os países. No Reino Unido, chega a 48% das empresas; na Alemanha, 15%; na Holanda e na Bélgica, 23%; e na Áustria, 19%. O estudo, que colheu informações de 1.200 empresas de diversos países da Europa, saiu em dezembro de 2014. Desde então, as plataformas de trabalho compartilhado proliferaram. 

Mais do que tudo, para que Job Sharing atinja o resultado esperado, as empresas precisam identificar dois colaboradores suficientemente qualificados para compartilharem o cargo. Já os profissionais que atuam nesse formato precisam conviver com a busca por um novo parceiro quando o antigo colega opta por deixar a empresa. 

Sobre o Autor      

A tegUP é uma aceleradora de startups e braço de inovação aberta da Tegma Gestão Logística. A aceleradora apoia startups e empresas de tecnologia transformadoras que ofereçam produtos, serviços e tecnologia relacionados ao universo da Logística, apresentem alto 

potencial de evolução e necessitem de algum tipo de suporte para acelerar seu crescimento.       

www.tegup.com.  





© TegUP Ventures 2022. Todos os direitos reservados. Imagens meramente ilustrativas.

Siga-nos nas redes:

Facebook Linkedin Instagram
.